16 de abril de 2024

Quantos anos, horas, minutos, segundos vou viver?

Ontem à noite, 11/09, veio-me à mente este pensamento!
Pergunta delicada, inteligente, misteriosa! Para uma pessoa normal de saúde, poucas vezes vêm à mente esse questionamento. Tem casos que dá para prevê “quando uma pessoa não está bem”, inclusive, planeja tirar a sua própria vida”.
Como a resposta, para as pessoas normais, não está ao nosso alcance, a única forma é buscar viver com alegria, cumprindo com as nossas obrigações do dia a dia, com lealdade ao próximo e a nós mesmo.
Sabe-se, segundo a fé cristã, que a vida terrena é passageira e a eterna é duradoura – então, que estejamos preparados para o juízo final que pode acontecer a qualquer momento, inclusive num piscar de olho!
Francisco Pinto dos Santos/católico/membro de LIONS, Diretor do Jornal O Porto.

Comentários