Tributo em ovo de páscoa chega a 38,53% do preço; vinho supera 54%

Ovos páscoa 14-03-16Da Redação – Viviane Petroli

Foto: site Desafetada

O leão não vai dar trégua ao bolso do brasileiro nem no feriado da Sexta-feira Santa e da Páscoa. A tributação nos produtos e serviços voltados à Páscoa em 2016 variam de 22,32% a 54,73%. A partir de maio o chocolate fica mais caro, bem como sorvete e cigarro. No caso do chocolate o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) ficará até 900% maior, como anunciado em fevereiro pelo Governo Federal.
Entre os produtos mais consumidos na Páscoa o vinho ganha em termos de carga tributária com 54,73% de seu preço formado por impostos, seguido do refrigerante de lata com 46,47% e refrigerante de garrafa com 44,55%. Muito consumido na Sexta-feira Santa e na Páscoa o bacalhau conta com 43,78% de impostos embutidos em seu preço e o peixe 34,48%.
Leia mais:
Folião irá pagar quase 80% de impostos na caipirinha neste Carnaval
Já entre os chocolates, uma caixa de bombom possui 37,61% de tributos no seu preço e o ovo de Páscoa 38,53%. A colomba pascoal de chocolate 38,68%.
Aqueles que preferem almoçar fora terão 32,31% de impostos embutidos no preço do almoço. Já aqueles que preferem viajar pagarão 22,32% de imposto na passagem aérea e 29,56% na hospedagem.
Os números são do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) e de acordo com o presidente da entidade, João Eloi Olenike, o consumidor deve pesquisar atentamente os preços dos produtos se quiser economizar.
Aumento de tributos
O aumento dos tributos, destaca o IBPT, que começa a valer a partir de maio, visa reduzir o rombo das contas públicas.
“O mercado ainda não absorveu os reajustes tributários recentes, mas certamente estes, em breve, surtirão seus efeitos na mesa do consumidor, que pagarão mais caro por estes itens, pois, a maioria dos tributos estão embutidos no preço final dos produtos”, criticou João Olenike.

Fonte: Olhardireto.com.br (14-03-16)

Comentários

Deixe uma resposta