Polícia Civil de Apiacás apresenta relatórios referente 2015

Polícia Civil 28-01-16Feliz ano novo a todos os cidadãos e cidadãs apiacaenses. Servimo-nos deste canal de comunicação para apresentar, dados estatísticos, referente aos trabalhos realizados pela Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Apiacás, no ano de 2015.

Inquéritos policiais instaurados: 120;

Inquérito policiais concluídos: 110;

Termo Circunstanciado instaurados: 79;

Termo Circunstanciado concluídos: 75;

Procedimento Especial – ato infracional instaurados: 50;

Procedimento Especial – ato infracional concluídos: 45;

Boletim de ocorrência elaborados: 507;

Auto de prisão em flagrante delito elaborados: 29;

Representação por decretação de prisão preventiva: 12;

Representação por decretação de prisão temporária: 03;

Representação por expedição de mandado de busca e apreensão: 15;

Mandados de prisão cumpridos: 09;

Mandados de prisão recebidos: 11;

Veículos recuperados: 02;

Motocicletas recuperadas: 12;

Drogas apreendidas:

  1. a) Pasta base de cocaína: 1.453,80 (um quilo, quatrocentos e cinquenta e três gramas e oitenta

centigramas);

  1. b) Maconha: 9,40 (nove gramas e quarenta centigramas);
  2. c) Cocaína: 57 (cinquenta e sete) trouxinhas;

Veículos apreendidos: 04;

Motocicletas apreendidas: 04;

Informamos ainda que realizamos durante o ano vários atendimentos sócio-jurídicos, quais não são registrados boletins. Em relação aos furtos ocorridos nas Agências dos Correios é mister informar que a atribuição para instauração de procedimento investigativo é de competência exclusiva da Polícia Federal – Constituição Federal artigo 144, § 1º, Inciso I, in verbis:

Art. 144. A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos:

I- Polícia Federal

II- […]

I – apurar infrações penais contra a ordem política e social ou em detrimento de bens, serviços e interesses da União ou de suas entidades autárquicas e empresas públicas, assim como outras infrações cuja prática tenha repercussão interestadual ou internacional e exija repressão uniforme, segundo se dispuser em lei;

II- […]; (BRASIL, 1998).

Por fim, queremos agradecer o Prefeito Municipal – Adalto Zago, todo o Secretariado da Prefeitura Municipal de Apiacás; Senhor Doutor Promotor de Justiça; o Meritíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Comarca de Apiacás; Delegado Regional; demais Delegacias de Polícia Civil; Polícia Militar; todos os agentes públicos que contribuíram com o nosso trabalho; empresários e comerciantes em geral, e, em especial todos cidadãos e cidadãs de bem de nossa sociedade que contribuíram no êxito das nossas diligências. Dizer que a Polícia Judiciária Civil de Apiacás está cada dia mais motivada a desempenhar o seu mister que é de investigação e repreensão das práticas delituosas.

Respeitosamente:

Equipe da Delegacia Municipal de Apiacás (Investigadores: Clodoaldo Lopes de Lima, Reinaldo de Assunção Marques, Luander Passberg, Julyanna Cristina de Souza Barros. Escrivã de Polícia: Clarice Carlos Garcia, Escrivão de Polícia Miguel Pereira de Almeida) Agente: Inácio Kiesel – Bradock); responsável Delegado de Polícia – Doutor Marcos Cézar Farias Lyra.

Informante: Miguel Pereira de Almeida- EPC Apiacás. (20-01-16)

Comentários

Deixe uma resposta