Adesão de prefeituras ao PMS em 2015 duplicou

Municipios sustentaveis 16-11-15Publicado em: 16 de novembro de 2015

Fonte:Gcom-MT

Promover um futuro sustentável, além de erradicar a pobreza, é hoje a principal meta da Organização das Nações Unidas (ONU). O tema tem sido bastante recorrente no mundo todo e anualmente ganha mais espaço na agenda dos líderes mundiais. Em Mato Grosso, o assunto tem sido também um dos focos da administração estadual. O Governo do Estado tem buscado tornar Mato Grosso economicamente e ambientalmente forte. Prova disso é o esforço que o Gabinete de Articulação e Desenvolvimento Regional realizou para aumentar a adesão dos municípios no Programa Mato-Grossense de Municípios Sustentáveis (PMS).
No início de 2015 eram apenas 26 municípios aderidos ao Programa, que é formado por eixos que reúnem atividades e ações fundamentais na busca da sustentabilidade, sendo eles: o fortalecimento da gestão ambiental municipal; a regularização ambiental e fundiária, e a promoção de cadeias produtivas sustentáveis com foco na agricultura familiar. “Hoje temos 53 municípios participando do Programa e sabemos que em 2016 esse número será maior”, comenta o secretário de Articulação e Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura.

Para dar continuidade à proposta de tornar o Estado exemplo em sustentabilidade na próxima terça-feira (17.11) será realizada a última reunião trimestral de 2015 do Comitê Gestor do PMS. O encontro acontecerá no Centro Sebrae de Sustentabilidade, em Cuiabá, das 9h às 16h30, e irá reunir todas as instituições que compõe o Comitê Gestor do PMS, como órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual, a sociedade civil e os consórcios intermunicipais de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental. ”Na ocasião serão apresentadas as ações da Secretaria de Meio Ambiente – SEMA e da Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários – SEAF, que atenderão as demandas dos planos de metas dos municípios que participam do Programa”, comenta a Secretaria Executiva do PMS, Patrícia Lemos.

No final de outubro de 2015 o Gabinete de Articulação e Desenvolvimento Regional, representado pelo secretário Eduardo Moura e pela secretária executiva, Patrícia Lemos, estiveram em Belém, no Pará, participando da Reunião do Comitê Gestor do PMV – Programa Municípios Verdes, que tem por objetivo combater o desmatamento no Estado, fortalecer a produção rural sustentável por meio de ações estratégicas de ordenamento ambiental e fundiário e também de gestão ambiental.

“O Pará tem um programa semelhante ao nosso e, a convite do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, fomos até Belém, para conhecermos o PMV, na busca de ensinamentos e experiências bem sucedidas que fizeram com que o Pará avançasse no combate ao desmatamento, fortalecendo a produção rural sustentável por meio de ações estratégicas de ordenamento ambiental”, acrescenta Eduardo Moura.

BNDES
Em 2016 o Gabinete de Articulação e Desenvolvimento Regional, irá apresentar ao BNDES/Fundo Amazônia um projeto de regularização fundiária, no âmbito do PMS, que busca um recurso no valor aproximado de R$ 70 milhões para promover a regularização fundiária dos municípios do Bioma Amazônia.

Comentários

Deixe uma resposta