22 de janeiro de 2021

Saúde investiga 5 casos suspeitos de reinfecção em Mato Grosso

Em Mato Grosso, cinco casos suspeitos de reinfecção pelo coronavírus, que causa a Covid-19, são investigados pelas autoridades públicas de Saúde. Os pacientes são de três municípios mato-grossenses.

Um deles é o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Entre os critérios que estão sendo usados para confirmar os casos, estão o intervalo mínimo de 90 dias entre a primeira e a segunda infecção e resultados positivos do PCR, exame que identifica o vírus e confirma a covid-19, nos dois momentos.

No Estado, os casos analisados são de Campos de Júlio (553 m a Noroeste da Capital, com um caso); Nobres (146 km ao Norte, um caso) e Cuiabá (3), conforme informações site G1.

O secretário Figueiredo está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de pneumonia e Doença de Crohh (problemas no trato intestinal).

No início deste mês, exames detectaram a presença de coronavírus no organismo dele, que testou positivo para a Covid-19 em junho deste ano.

Mas, todos os casos são suspeitos e ainda estão sendo investigados. Em nota, o Governo de Mato Grosso informou que o quadro de saúde do secretário é “estável” e que não foi confirmada reinfecção. No país, o Ministério da Saúde confirmou, na quinta-feira (10), o primeiro caso de reinfecção pela Covid-19. Segundo a pasta, o diagnóstico ocorreu em uma profissional da área de Saúde, de 37 anos, residente em Natal (RN).

Ela teve a doença em junho, se curou e teve o resultado positivo novamente em outubro, 116 dias após o primeiro diagnóstico.

Fonte: www.nativanews.com.br (14/12/2020).

Comentários