Situação delicada para os eleitores em 2014

Eleições 2014

Urna eleitoral 2014Situação delicada para os eleitores

Candidatos supostos de ser ficha suja vão passar pelo crivo do voto dos eleitores. Complicado para os constituintes. Diz-se que a Lei complementar n°135 de 2010 denominada “Ficha Limpa” está em pleno vigor nessas eleições.

O candidato que passou ou passar pelo crivo do Tribunal Superior Eleitoral (brechas na Lei) concorre normalmente.

Se o Tribunal libera o candidato para concorrer, resta muito pouco ou quase nada para o eleitor resolver. Separar o joio do trigo “separar os bons dos maus; separar o que é bom do que não presta” nessa hora é tarefa difícil para o eleitor.

Ganhar eleição não é fácil. Os candidatos todos dizem que tem a melhor proposta para governarem ou legislarem. Todos querem brilhar “ganhar”. Os candidatos que tiverem um bom time em campo, para driblar os problemas e ter propostas mais consistentes, serão os vencedores. Um bom gestor/legislador contribui para o desenvolvimento do Estado.

Afinal, está eleições já vão sinalizar o favoritismo para quem quer se lançar candidatos a prefeito e vereadores daqui a dois anos.

Jornal O Porto

Comentários

Deixe uma resposta