Servidores e advogado são alvos de operação contra crimes ambientais

desmatamento 17-03-16A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (17) a Operação Provérbios 17:23, com o objetivo de desarticular esquema criminoso que burlava as leis ambientais para permitir sucessivas e reiteradas agressões ao meio ambiente. Calcula-se que tais ações criminosas tenham gerado um prejuízo de mais de R$ 65 milhões para o meio ambiente.

Estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão e seis mandados de condução coercitiva em Cuiabá, Barra do Garças e Brasília (DF).

As investigações tiveram início em 2013, a partir do recebimento de denúncias do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O grupo criminoso vinha praticando desembargos irregulares e sem fundamento de áreas embargadas, o cancelamento de autuações e até a assinatura de termos de ajustamento de conduta sem a devida justificativa técnica e ambiental.

O esquema era realizado por meio de cooptação de servidores de autarquias, os quais são suspeitos de terem recebido propina e outros benefícios indevidos para permitirem o cometimento de diversos crimes, dentre eles, falsidade ideológica, prevaricação, advocacia administrativa, inserção de dados falsos em base de dados oficiais e formação de quadrilha.

O nome da operação é uma referência à passagem bíblica que diz: “O ímpio aceita às escondidas o suborno para desviar o curso da justiça”. (Com Assessoria)

Às 10h04Servidores e advogado são alvos em operação

Segundo informações da Polícia Federal, os alvos da investigação são cinco servidores do Ibama e um advogado. Um mandado de busca e apreensão foi cumprido em Cuiabá, dois em Brasília e cinco em Barra do Garças. Já as conduções coercitivas foram uma na Capital, outra em Brasília e quatro em Barra. A princípio, todos os mandados foram cumpridos e não há pedido de prisão de nenhum dos conduzidos.

O delegado responsável pelas investigações é o titular da delegacia de repressão à crimes contra o meio ambiente e patrimônio, da Capital, Cristiano Nascimento dos Santos. As 14h ele falará em coletiva de imprensa, em Barra do Garças.

Fonte: Rdnews.com.br (17-03-16)

Comentários

Deixe uma resposta