Seduc propõe recomposição gradual do repasse para o Transporte Escolar

Crédito: Vicente de Souza

                      Crédito: Vicente de Souza

Publicado em: 04 de fevereiro de 2016

Autor:Agência de Notícias da AMM

O secretário de estado de Educação, Permínio Pinto, apresentou a prefeitos a proposta de iniciar 2016 com o reajuste do transporte escolar de R$ 1,90 para R$ 2,05 por quilômetro rodado. O estado sinaliza uma outra recomposição no repasse a partir da sexta parcela deste ano, que seria corrigida de acordo com os mesmos  índices aplicados neste início de 2016. A proposta foi apresentada nesta quinta-feira (4) a prefeitos e secretários municipais de Educação durante reunião na Associação Mato-grossense dos Municípios.

O titular da pasta da Educação lembrou que o atual governo assumiu com duas parcelas de 2014 do transporte escolar atrasadas.  Em agosto de 2015 o governo do estado reajustou o repasse de R$ 1,80 para R$ 1,90, ainda considerados insuficientes pelos prefeitos, devido à grande demanda pelo serviço. “Estamos recuperando a defasagem, mas na certeza que nos próximos dois ou três anos haverá mais condições para realizar o serviço”, assinalou.

Permínio disse que o transporte escolar é uma das três prioridades do dia-a-dia da Seduc, juntamente com o pagamento da folha e alimentação escolar. Ele reconheceu a necessidade de investimentos nesses quesitos. O secretário citou também as prioridades estratégicas da Seduc, que visam parcerias para melhorar a gestão com foco em resultados, avaliação do pessoal da Educação, além do combate ao analfabetismo. O secretário disse, ainda, que vai instituir um fórum permanente para elaborar políticas de colaboração entre estado e municípios.

Comentários

Deixe uma resposta