Secretário e Taques têm os nomes usados em tentativas de suborno

  Secretário da Casa Civil, Paulo Taques, alerta sobre o uso indevido de seu nome e do governador

Secretário da Casa Civil, Paulo Taques, alerta sobre o uso indevido de seu nome e do governador

O secretário estadual da Casa Civil, Paulo Taques, afirma que seu nome e o do governador Pedro Taques (PSDB) foram usados indevidamente em uma tentativa de suborno. “Toda vez que chegar denúncia de que estão usando nossos nomes, não hesitem em dar voz de prisão a essas pessoas, porque ninguém está autorizado para fazer isso, seja para qual assunto”, ressalta na posse da nova diretoria do Sindicato dos Delegados de Polícia (Sindepo), realizada hoje (15).

Conforme o secretário, o assunto sempre foi tratado dentro do Executivo com discrição e, por isso, nunca veio à tona. Todas as denúncias, segundo ele, foram encaminhadas à secretaria estadual de Segurança Pública (Sesp) para apurar os casos. “Sempre angustiou a mim e ao governador. Depois que assumimos o Governo, nós recebemos várias denúncias”, frisa.

Paulo Taques lembra que a primeira denúncia foi em março de 2015, quando um deputado telefonou para ele, dizendo que dois prefeitos foram procurados por uma pessoa que se passou por assessor especial do chefe da Casa Civil. O indivíduo solicitava um adiantamento de R$ 2 mil para firmar convênio entre a prefeitura e o Governo. “Um senhor de 60 anos, isso significa que até os canalhas envelhecem”, ressalta.

Num outro momento, conforme o secretário, um servidor da pasta de Meio Ambiente (Sema) de Barra do Garças, comercializava licenças ambientais por R$ 5 mil. De acordo com Paulo, o fraudador afirmava que R$ 2,5 mil era para dividir entre ele e Taques, ou seja, R$ 1,250 mil para cada um.

A mais recente foi à denúncia de que um servidor comissionado de uma autarquia, dizia ser sobrinho do secretário e relatava ter intimidade com ambos. “Todos os casos foram encaminhados para a Sesp para tomar as providências”, conclui.

Fonte: Rdnews.com.br (15-02-16)

Comentários

Deixe uma resposta