Prefeito Adalto Zago esteve junto na Missão Mato Grosso ao PDAC Toronto – Canadá

adalto toronto 16-03-17Após 5 dias de viagem na cidade de Toronto no Canadá, com o objetivo de participar do evento PDAC que é o principal evento de prospecção de desenvolvimento de mineração do mundo a missão foi considerada um sucesso. O PDAC é o local onde os novos negócios da mineração mundial são iniciados. Impossível discutir atração de investimento em mineração sem considerar participar do PDAC edição 2017, onde contou com grande público internacional distribuídos em uma serie de pavilhões dos principais países com tradição em extração, tecnologia e investimento em mineração. Segundo o PDAC o evento contou com mais de 15 mil visitantes em 4 dias de feira. Importante mencionar que o evento conta com duas áreas de feira de negócios e tecnologia e uma área de investidores e palestras que acontecem durante todo o período. A delegação do Mato Grosso contou com a participação de 30 integrantes, incluindo o Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico Ricardo Tomczyk, deputado estadual Oscar Bezerra e os prefeitos de Juína, Peixoto de Azevedo, Jaciara e Alta Floresta e é claro o prefeito de Apiacás Adalto Zago, assim como representantes da UFMT, COOGAVEPE, COPRODIL E COOPERATIVA DE POCONE.

A agenda de atividades foi intensa e além da participação na feira, a delegação já no domingo dia 04 participou de um evento do National Bank of Canada, onde pode ter contato com diversas mineradoras, investidores e também com a equipe de mineração do banco que é responsável por prospectar novos negócios para fundos de investimento de clientes do banco. Esteve acompanhando toda a viagem o Diretor para o Brasil do National Bank of Canada, Guillaume Légaré.

No segundo dia de evento a equipe esteve em um café da manhã com investidores canadenses onde foi feita a transmissão de um vídeo institucional da METAMAT e posterior troca de contatos com participantes do evento. No mesmo café da manhã a equipe pode assistir as palestras com conteúdo de interesse do setor, como um especialista em commodities do Scotiabank, o VP da Vale Canada, o presidente da CPRM e o discurso do Ministro de Minas e Energia do Brasil, Fernando Coelho, que aproveitou para enfatizar o quanto o governo federal está apoiando inciativas que busquem atrair

investimentos na área de mineração. Em seguida foi realizada uma visita guiada pela área da feira onde tinha apenas investidores expondo. Nesse mesmo dia houve reuniões em grupos menores de acordo com o interesse de cada integrante. No terceiro dia reuniões pré-agendadas pela manhã e em seguida a delegação participou de um almoço com um grupo de investidores, nesse almoço foram feitas diversas apresentações de conteúdo de interesse para toda a comunidade de mineração. Entre os palestrantes que estiveram no evento o destaque foi para o Diretor do National Bank of Canada que falou sobre as perspectivas do mercado de capitais e do setor de mineração para 2017. Após o almoço iniciaram as apresentações técnicas de projetos em andamento, onde o Governo do Estado do Mato Grosso pode apresentar alguns projetos para uma plateia de investidores. Dentre as demais apresentações há um destaque para a empresa Norton Rose que apresentou os riscos e oportunidades para o setor no Brasil com uma visão bem ampla e também mostrando quais são as maneiras de ter garantias jurídicas nos investimentos. Destaque para as reuniões que as cooperativas de ouro e diamante fizeram com um grande grupo canadense de mineração que prevê aumento nos investimentos para o próximo ano no Brasil.

No último dia, o grupo participou de um debate com os Ministérios de Minas e de Meio Ambiente da província de Ontario, onde puderam traçar um paralelo entre as práticas brasileiras e canadenses, entendendo quais são as principais diferenças. O assunto foi muito interessante, pois as práticas que o Canadá aplica em muitos momentos diferem muito das práticas brasileiras, como por exemplo a legislação que no Canadá é feita por cada província, ou então o cuidado que o governo canadense possui com o meio ambiente e os recursos naturais, com uma política grande de exigências de garantias. O principal objetivo é estreitar um maior relacionamento entre o ministério canadense e o governo do estado de mato grosso, buscando criar um canal de troca de boas práticas para o setor.

A delegação dos prefeitos junto do Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico Ricardo Tomczyk e o Deputado Estadual Oscar Bezerra fizeram um tour na feira, visitando os stands das províncias canadenses de Ontario, Columbia Britânica, Quebec e Nova Escócia, onde o ministro de recursos naturais atendeu o grupo e pôde falar um pouco sobre financiamentos para pesquisa e prospecção. Os assuntos discutidos com as

províncias, destacam-se licenciamento ambiental digital, legislação e formas de negociações direta do minerador (garimpeiro) com a população indígena, chamada de First Nations no Canadá. Muitas mineradoras do estado também aproveitaram para fazer contato com empresas fornecedoras de equipamentos. Foram realizadas 20 reuniões pré-agendadas e algumas reuniões com contatos que foram estabelecidos durante o tour realizado. Ainda a delegação participou da inauguração do pavilhão brasileiro, juntamente com o ministro de minas e energia Fernando Coelho.

Encerraram a missão com quatro potenciais de negócios em andamento e que devem resultar em uma breve visita da equipe contatada ao Mato Grosso.

Fonte: sedec 912-03-17)/Assessoria de imprensa: Driely Mello  14-03-17

Comentários

Deixe uma resposta