Levantamento topográfico na MT- 206 (Estrada da Balsa)

Auxiliar Ailto Fernandes

Thiago Ferreira Gomes

O prefeito Adalto avisou o repórter do Jornal O Porto, antes de viajar para Brasília, 25/1,  por telefone, que estava sendo feito o trabalho de tografia e esse trabalho do governo estadual tem tudo a haver com  a futura instalação da Usina Hidrelétrica da Foz do Rio Apiacás e deveria ser registrado no jornal. Dia 25 de janeiro o repórter do Jornal tentou localizar a equipe mas não foi possível. Dia 28/1 famos até o Bar Kibola e encontramos parte da equipe de topografia. Por mais que tentamos falar com chefe Sr. Getúlio, não foi possível, estava em tratamento  de saúde no Hospital Municipal de Apiacás, e depois foi para Alta Floresta com encaminhamento médico.

Conforme informações extra oficial, esse levantamento topográfico iniciou no boteco do Dedé (depois da balsa 22km – entrada da Usina Hidrelétrica de Paranaíta), está vindo rumo à Apiacás. Estão com duas equipes, com 23 trabalhadores.

Iniciou os trabalhos no começo de janeiro com uma equipe menor e esse trabalho deve extender até o final do mês de fevereiro.

Com essa topografia o governo deve elaborar um projeto onde pode estimar o custo da obra. Trata de uma MT com muitas curvas e baixões, etc, por isso, o trabalho está sendo demorado. Muitas curvas da estrada com certeza serão eliminadas no projeto.

Antes de fechar essa edição falamos com o prefeito de Apiacás Adalto Zago, em Cuiabá por telefone, ele afirmou que o governo Estadual está cumprindo o seu compromisso de campanha e esse trabalho do governo facilitará a instalação da futura hidrelétrica de Apiacás.

Comenta-se  que esse levantamento seguirá à Estrada Santa Rosa (Chaveta) rumo ao Rio Teles Pires.

O pecuarista popular Chaveta,  disse ao Jornal O Porto, 31/1, que o ano passado ( mais ou menos em julho) já teve uma equipe fazendo levantamento topográfico lá na sua fazenda e até comentaram que ele tinha que mudar uma cerca, devido a largura da estrada. E essa equipe do ano passado disse ao Chaveta, na época, que em 2013 o trabalho de topografia ia continuar.

Desejamos uma boa melhora ao Sr. Getúlio e quem sabe, na próxima edição do Jornal, possamos informar até a onde será feito o serviço de topografia.

Melhorias na produção do Leite – 1ª reunião de 2013 sobre o DRS do leite

Dia 18 de janeiro, no gabinete do Prefeito, o Banco do Brasil, através do gerente Veras de Apiacás e a gerente do Banco do Brasil de Nova Monte Verde senhora Luciana, apresentaram o diagnóstico já realizado o ano passado sobre a produção de leite em Apiacás. Agora os parcereiros devem apresentar ações que venham avançar  na melhoria da produção de leite no município e melhorar também a qualidade de vida dessas pessoas.

Os parceiros devem se reunir traçar metas(ações possíveis de se realizar) e depois apresentar ao público (produtores de leite e possíveis novatos no ramo).

O projeto visa oferecer melhor condições para quem quer exercer essa função –produzir leite.

O gerente Veras, disse que o Banco tem o dinheiro (Programa) para emprestar para essas pessoas a juros baixíssimo (taxa até 3% ao ano) ,comparado ao crédito do microempresário onde o juro gira em torno de 0,64% ao ano, e não precisa nem ter escritura da terra.

A Patrícia Sian, já marcou uma Reunião com as Secretarias Municipais que serão parceiras nessas ações entre outros parceiros para o dia 14 de fevereiro às 15 horas no gabinete do Prefeito.

Também já ficou marcado a próxima reunião para 05 de março às 15 hs no gabinete do prefeito,com os representantes do Banco do Brasil e todos os parceiros para coletar as ações que foram definidas por todos os parceiros. Então daí marcará a próxima reunião para levar ao conhecimento dos produtores de leite, as ações que serão realizadas no decorrer do ano.

O Prefeito Adalto, se prontificou, de melhorar o suporte técnico do Departamento de Agricultura, para acompanha r esse seguimento do desenvolvimento sustentável.

Comentários

Deixe uma resposta