Após especulações, Blairo finalmente se filia no PMDB na próxima 3ª , em Brasília

RD news 11-08-15Camila Cervantes/Marcos Oliveira

O senador Blairo Maggi está com os dias contados no PR. A homologação da filiação no PMDB ocorrerá na próxima terça (17), no Encontro Nacional do partido, em Brasília. Conforme o presidente regional da sigla, deputado federal Carlos Bezerra, o evento será no Hotel Meliá, ao meio dia.
Na ocasião, lideranças nacionais, 10 deputados estaduais, prefeitos e vereadores devem comparecer à cerimônia de filiação. Ex-governador de dois mandatos, Blairo disse ao Blog do Romilson que a decisão de trocar o PR pela maior legenda do país se dá “pensando mais no coletivo do que no individual”.
Blairo vai se filiar ao PMDB
Peregrinação
No PMDB, Blairo Maggi ingressará no quarto partido durante a vida pública. Ele iniciou a carreira no extinto PPB (hoje PP), onde se elegeu primeiro-suplente do senador Jonas Pinheiro (já falecido). Em 2009, ele foi para o PPS, no qual garantiu cadeira de governador por duas vezes, em 2002 e 2006. Em seguida fundou o PR.
Debandada
Conforme Bezerra, está prevista a filiação no PMDB do deputado estadual Wagner Ramos (PR), assim como os parlamentares Janaína Riva, Gilmar Fabris (ambos do PSD) e Emanuel Pinheiro (PR).
Hoje, o PMDB conta com três deputados, sendo Baiano Filho, Romoaldo Júnior e Silvano Amaral. Além da filiação de lideranças estaduais, mais dois prefeitos devem migrar à sigla, de Torixoréu Odoni Coelho (PSD), e de Campinápolis Jeovan Faria (Pros). Os gestores de Porto dos Gaúchos e Feliz Natal, Moacir Piovesan, o Baixinho, e Toni Dubiela, respectivamente, também ingressaram no partido.
O PMDB, que comandava 28 municípios, passa a administrar 31. É a segunda legenda com mais prefeitos, perdendo apenas para o PSD que tem 39 gestores, tendo em vista que perdeu dois para o partido peemedebista, sendo Toni e Beto Farias, de Barra do Garças.
Bezerra anuncia que PMDB vai filiar 4 deputados da AL e mais 2 prefeitos
Fonte: Rdnews.com (11-11-15)

Comentários

Deixe uma resposta