09 de agosto de 2022

Opinião – Água para o Setor pioneiro? Próximo Capítulo da NOVELA “Projeto de Lei 029/2022”.

No final da Opinião do munícipe Chico Né – Segue a íntegra do Projeto de Lei nº 029/2022. 1º votação dia 10/06/22, aprovado pelos vereadores.

Opinião

Água para o Setor pioneiro? Próximo Capítulo da NOVELA “Projeto de Lei 029/2022”.

Os moradores do Bairro estão confiantes que o prefeito Júlio César vai dar um basta na NOVELA que vêm ocorrendo por parte das administrações municipais anteriores sobre o abastecimento de água do Setor que somam mais de 33 anos. A Câmara de vereadores a tudo viu, assistiu e vê…

Prefeito Júlio, apresentou à Câmara Municipal, neste mês o Projeto de Lei 029/2022, datado de 09/06/22, que visa fazer uma nova estação de tratamento para poder abastecer o Setor Pioneiro. Situação confusa para os moradores – uma vez que, gestores municipais anteriores já falaram e fizeram tantas promessas e justificativas e por fim não realizaram nada, que é abastecer o Setor com água tratada.

Exemplo: dois últimos episódios:

1 – Em 2012 o Jornal O Porto entrou em contato com a FUNASA do Mato Grosso para saber como estava o abastecimento de água para o Setor pioneiro, inclusive sobre a manutenção da rede existente de 1988. O Superintende na época considerava o problema resolvido, uma vez que, argumentou que a ex-prefeita Silda pegou recurso para ampliar a estação de tratamento, justificando que era para poder abastecer o Setor Pioneiro. De fato, a Silda fez uma estação de tratamento nova no seu 2º mandato. Só que água para o setor não veio (registro tá fechado perto da ponte).

2- No 2º mandato do Adalto Zago ele pediu a AMM/MT(Departamento de Engenharia) para elaborar um projeto de Rede de água para o Setor Pioneiro, “nota – estranho porque o Setor já tem rede, inclusive das 35 ruas 5 já estão com água, água vindo das casinhas populares”. E no Projeto que o Adalto mandou fazer, O DAE – Departamento de água e Esgoto (o DAE tem engenheiro sanitarista que lhe dá suporte técnico) forneceu informações básicas(Memorial Descritivo) para a AMM/MT, onde consta no Projeto que para abastecer o Setor Pioneiro tanto a captação de água quanto a ETA(Estação de Tratamento) estavam tudo OK, e fizeram uma descrição bonita, bem floreada. Só que terminou a gestão do Adalto de 8 anos e nada de água para o Setor(registro na ponte continuou fechado).

E, agora na gestão do Júlio César, com um novo engenheiro sanitarista dando suporte técnico ao DAE, revendo os fatos da novela/Projeto, já recomendou ao prefeito fazer uma outra estação de tratamento para poder abastecer o Setor Pioneiro. É uma situação confusa ou, não é? A população do município continua praticamente a mesma. O jornalista Francisco Pinto dos Santos do Jornal O Porto/munícipe, tem tudo registrado.

Segue a íntegra do Projeto de Lei nº 029/2022. 1º votação dia 10/06/22, aprovado pelos vereadores:

Comentários