Operação Poeira Branca “Repressão ao Tráfico de Drogas” prende três pessoas em Apiacás e uma no garimpo do Novo Astro no município de Nova Bandeirantes

Escrivão da Polícia Civil de Apiacás Miguel Pereira de Almeida

Escrivão da Polícia Civil de Apiacás Miguel Pereira de Almeida

Conforme informação do escrivão da Polícia Civil de Apiacás Miguel Pereira de Almeida ao repórter do Jornal O Porto dia 06/08 – a Operação Poeira Branca, ocorreu dia 04 de agosto por volta das 7 horas da manhã teve a finalidade de repressão ao tráfico de drogas nos municípios.

Em Apiacás foram presos Alberto Pereira de Souza (popular Betinho), Francisca Maria do Carmo(conhecida por Meire), Roseli Forgato Teixeira(conhecida por Rose) e no garimpo do Novo Astro no município de Nova Bandeirantes o indivíduo Antônio Carlos (popular Caco). Afirma o escrivão.

Com o Betinho foi apreendido aproximadamente 1,5 quilo de Pasta Base de Cocaína e cerca de Cinco mil e oitocentos reais, uma caminhoneta L-200 e uma motocicleta Honda Brox. Com “Rose” foi confiscado cerca de dois mil e oitocentos reais. Com a “Meire” foi alcançado quinhentos reais e uma motocicleta Biz. Com o “Caco” foi apreendido uma porção de Pasta Básica de Cocaína, duas armas de foto, munições e certa quantia em dinheiro. Assegura o escrivão.

Betinho e Caco já foram encaminhados e estão presos no Presídio de Alta Floresta, as duas mulheres estão presas em Apiacás aguardando vagas no Sistema prisional. Garante o escrivão.

Está operação estava em andamento a mais de dois anos – iniciou com o Delegado Dr. Carlos Frederico Regis de Campos e embasou em cumprimento a determinação judicial, as quais foram cumpridas por policiais civis de Apiacás, Alta Floresta, Paranaíta, Nova Monte Verde, Nova Bandeirantes e Carlinda; sobre o comando do Delegado Dr. Marcos Cézar Farias Lyra e supervisão do Dr. Rodrigo Basto da Silva (Delegado Regional de Alta Floresta). Esta intervenção contou com a efetiva participação dos policiais investigadores de Apiacás Clodoaldo, Reinaldo e Brodoque. Também os escrivães de polícia Miguel e Clarice. Ainda teve o apoio da equipe do núcleo de inteligência da Delegacia Regional de Alta Floresta. Afirma o escrivão.

A Polícia judiciária Civil de Apiacás continuará com o desdobramento da operação e novas prisões poderão ocorrer. Sinaliza o escrivão.

Abaixo um vídeo sobre a operação, seguido de galeria de imagens.

 

 

 

 

 

Comentários

Deixe uma resposta