AMM participa das discussões sobre a cadeia produtiva do peixe em Mato Grosso

AMM - Cadeia produtiva de peixe(15/05/2015)

A coordenação de Desenvolvimento Regional da Associação Mato-grossense dos Municípios está envolvida no fomento a cadeia produtiva de peixe do estado. Esta semana, a entidade participou de mais uma reunião da Câmara Técnica para discutir ações em benefício da piscicultura. A reunião foi na sede da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária (Seaf), nesta terça-feira (12) com a participação da Associação dos Aquicultores do Estado de Mato Grosso (Aquamat), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Banco do Brasil e outras instituições envolvidas na atividade.

O ponto mais discutido da pauta foi a harmonização das normas e procedimentos da Sema-MT que regulamentam a piscicultura. De acordo com o colaborador da AMM, Balthazar Borges Barbosa, neste contexto também foram abordadas a resolução do Consema nº 086/13, o Termo de Cooperação Técnica para Descentralização Ambiental e a Lei Estadual 9.619/11. “Uma das deliberações da reunião foi o apoio da Associação na divulgação de um folder sobre sanidade animal, elaborado pela Seaf- MT e o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), para os municípios”, revelou.

A Câmara Técnica se reúne mensalmente, na segunda terça-feira do mês. A próxima reunião deve acontecer no dia 09 de junho, quando será dada continuidade às discussões.

Devido a sua importância na representatividade no estado, a AMM também participou como convidada do Encontro de Piscicultores, etapa Cuiabá, realizado nos dias 14 e 15. A ação é uma iniciativa do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e tem como parceiros as Prefeituras de Nossa Senhora do Livramento, Sorriso e Tangará da Serra.

O evento tem como objetivo capacitar os produtores de peixes com palestras, troca de experiências e exposição de novas técnicas na prática. Entre os temas abordados estavam o mercado e a comercialização de peixes, a sanidade de peixes em viveiros e a viabilidade econômica da piscicultura.

A próxima etapa do Encontro será nos dias 28 e 29 de maio, em Tangará da Serra.

 

Foto: João de Melo/Sedraf-MT

Agência de Notícias da AMM

Comentários

Deixe uma resposta