2ª FASE CAPOREGIME: Gaeco localiza e apreende mais R$ 280 mil em cheques enterrados por organização em Guarantã do Norte

Fonte: MP Assessoria de Imprensa 14/02/19

A Operação “Caporegime”, realizada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), teve sequência nesta quinta-feira (14), com a localização e apreensão de mais R$ 280 mil em cheques pertencentes a organização criminosa que estavam enterrados no fundo do quintalda residência de um dos líderes, Kaio Cesar Lopes Favato, no município de Guarantã do Norte. O mandado de busca e apreensão, da foi expedido pela Sétima Vara Criminal de Cuiabá.

Quando a operação foi deflagrada, na quarta-feira passada, agentes do Gaeco apreenderam com os investigados aproximadamente R$ 400 mil em ouro, quase R$ 21 milhões em cheques e notas promissórias e mais R$ 43 mil em dinheiro. Também foram recolhidas 161 munições e mais 10 armas. Os presos estão sendo ouvidos esta semana no Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), em Cuiabá.

Estão presos: João Claudinei Favato, Luis Lima de Souza, Edson Joaquim Luis da Silva, Luan Correia da Silva, Purcino Barroso Braga Neto, vulgo “Neto”, José Paulino Favato, Kaio Cesar Lopes Favato e Clodomar Massoti.

Os alvos da investigação são suspeitos de integrarem organização criminosa que atua no ramo de agiotagem. Pesam contra eles, suspeitas de práticas de diversos crimes, como tentativa de homicídio, extorsões, entre outros.

O Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) é composto por membros do Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar.

Comentários

Deixe uma resposta