16 de abril de 2024

Escola estadual de Apiacás otimiza funcionalidades da plataforma para o trabalho dos professores

A equipe gestora a Escola Estadual Portal da Amazônia, localizada no município de Apiacás conseguiu otimizar as funcionalidades da plataforma Microsoft Teams para o trabalho dos professores. Dentro da plataforma, foi criada um grupo de professores para trocar ideias e compartilhar documentos.

Segundo o coordenador pedagógico da escola, Ávilo Rodrigo Silva, o destaque foi adicionar pastas de arquivos dentro da equipe com o nome de cada professor, onde cada docente insere seus planos de aula, cronograma de trabalho e os registros.

“Nas pastas, incluímos os registros dos atendimentos pelo WhatsApp aos pais e alunos, fotos das aulas e vídeos, inclusive a ficha de monitoramento dos estudantes. Desta forma, já estamos criando o portfólio de cada educador”, salienta.

Para Ávilo Rodrigo, utilizando essa metodologia o acompanhamento do coordenador e diretor dos registros acontece simultaneamente ao lançamento do professor, tanto dos documentos como da planilha de acompanhamento dos estudantes.

”Utilizando a plataforma Teams para registrar toda a documentação de atendimento das aulas, a interação entre equipe gestora e professores acontece de forma rápida e eficiente”, assinala o coordenador.

Proposta Válida

No entendimento da assessora pedagógica em Apiacás, Erika Motta do Carmo, a proposta é interessante e solicitou que na próxima formação continuada, a equipe gestora da escola apresentasse o seu trabalho. A assessora frisa que quem conhece a realidade da escola é a equipe gestora que para realizar o melhor resultado tem liberdade para trabalhar e conseguir o retorno necessário para atender a realidade da escola. “É válida e interessante, essa proposta, pois em tempo de pandemia, é primordial estar conectado e poder ter mecanismos para facilitar o trabalho”, ressalta.

A assessora pedagógica lembra que esse trabalho é realizado em parceria entre a escola, Assessoria Pedagógica e Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro).

Fonte: www.nativanews.com.br (11/09/2020).

Comentários