28 de outubro de 2020

Empresa particular danifica rede de água e não arruma – empresa segue o mal exemplo do gestor municipal

 Rua Espanha – Setor Pioneiro, aproximadamente 30 metros de Rede em PVC diâmetro de 100mm foi danificada com retroescavadeira no começo deste mês de outubro. Obra convênio Prefeitura/caixa econômica federal. 

A empresa particular fez uma tubulação de manilha de cimento para coleta de água pluvial, e com isso, a retro escavadeira atingiu a rede de água. Um morador da Rua informou o Jornal O Porto. O Jornal foi até o lixão da cidade e tirou foto de parte dos canos danificados. A obra da Rua Espanha trata-se de um convênio com a Caixa Econômica via emenda parlamentar.

Tem mais 8 ruas do Setor que estão em Obras de asfalto(metragem linear= 1.058,02 m, obras executadas com recursos próprios da prefeitura. Mas o prefeito desde junho deste ano, tá danificando rede e ramais de água e não autoriza o DAE-Departamento de Água e Esgoto do município arrumar. A Secretaria Municipal de Obras, está coordenando o trabalho dos operadores/maquinários.

Ruas/metragem linear:

  1. Av. Jonas Pinheiro(trecho frente Hotel da Paraíba 118,07m;
  2. Rua Japão 127,87m,
  3. Rua Polônia 127,87;
  4. Av. Santos Dumont – 1 trecho de 201,37(Rua casa do vereador alemão) e o outro trecho de 85,97m(próximo do Fórum) – total dos dois trechos 287,34 m;
  5. Rua Aurora 137,13m;
  6. Av. Monteiro Lobato (trecho Frente Escritório Modelo) 56,15m;
  7. Rua Nova Erechim 98,55m;
  8. Rua Japurá 105m.

Total das 8 ruas: 1.058,02 metros linear de pavimentação asfáltica

O Poder Legislativo, desde junho deste ano, ainda não agiram com PRUDÊNCIA, uma ação judicial na Comarca(Fórum) de Apiacás deveria ser protocolada.

Na minha opinião, está havendo danos ao erário público. O prefeito Adalto não tem Laudo Técnico apontando os motivos que a rede não presta, etc. O prefeito já fez projeto novo, e no memorial descritivo consta que no setor nunca existiu rede de água.

O munícipe Francisco Pinto dos Santos(Chico Né), via Jornal O Porto/rede sociais, está registrando passo a passo a destruição do bem público e alertando às autoridades.

Comentários