18 de agosto de 2019

Editorial – Apiacás não tem índios.

indioEditorial – Apiacás não tem índios.

Mais um capítulo sobre terras indígenas na nossa região

A presidenta do Brasil Dilma Rousseff(PT) dia 24 de abril de 2013 homologou por Decreto a demarcação da área que abrange parte dos municípios de Apiacás no Mato Grosso e Jacareacanga no Pará.

(foto meramente ilustrativa)

Há anos essa demanda tramita no judiciário e no cenário político. Esse ato administrativo da presidenta foi publicado no Diário Oficial da União dia 25 de abril de 2013 (WWW.in.gov.br).

O cerco sobre o assunto está fechando, isto está preocupando proprietários de terras na área bem como comerciantes, industriais, prestadores de serviços, comunidade em geral e o Poder Público Municipal.

O prefeito Adalto Zago de Apiacás, em seu gabinete, dia 30/04, disse à redação do Jornal O Porto, que este assunto vêm de uma demanda antiga, mais de 16 anos, mas que está tomando todas as providências junto as autoridades políticas para reverter a situação. O prefeito Adalto e o Vice-Prefeito João Bosco e a Câmara de Vereadores estão atentos ao que se pode fazer… O Prefeito Adalto dia 06/5 estará em Cuiabá e dia 08/05 em Brasília para tratar desse assunto. Em última hipótese, vai tentar pelo menos que às áreas já desbravadas (produtivas)  fiquem de fora dessa área indígina.

Trata-se de uma área em Apiacás que pode fazer inúmeros manejos para retirada de madeira, que daria para os madeireiros trabalharem mais de seis anos e gerar muitos empregos. Afirma um mandeireiro ao Jornal O Porto.

Dia 30/04 o Jornal O Porto falou por telefone com o popular Chico Paiva, um dos que tem terras no local. Ele e alguns proprietários acompanham passo à passo o desenrolar da situação com advogados. Paiva disse que está decisão administrativa da presidenta Dilma cabe recurso, são decisões precipitadas do governo Federal.Tem duas decisões para serem julgadas.

O diretor do Jornal o Porto, que conhece Apiacás desde outubro de 1983, nunca viu um índio no município de Apiacás, desde o tempo de Apiacás um povoado e depois Distrito de Alta Floresta. Nunca se viu índio na vila ou na cidade passando, indo ao hospital ou efetuando compras. A história já registrou índio na região onde hoje é o município, mas isso foi no passado. Então a Funai, o governo brasileiro, precisa rever essas decisões. A menos que o governo brasileiro pretende importar índio(s) para nosso município de Apiacás.

Veja matéria publicada nesse Site, do site (http//amazônia.br/2013) sobre esse tema “Terras Indígenas”/hidrelétricas.

Comentários