Plantio de Mudas de Castanha do Brasil em Apiacás

Reportagem

Acir Antônio Ramos, funcionário da Arapama há 8 anos - segurando uma muda de castanha (30-01-2018).

Acir Antônio Ramos, funcionário da Arapama há 8 anos – segurando uma muda de castanha (30-01-2018).

 A ASSOCIAÇÃO REGIONAL DE APICULTORES DA AMAZÔNIA APICAENSE-ARAPAMA através de seu presidente Osmar José Schlickmann em parceria com a prefeitura de Apiacás propõe aos proprietários rurais a plantação de mudas de Castanha do Brasil (Castanha do Pará).

A arapama em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura de Apiacás está oferecendo mudas de Castanha do Brasil aos produtores rurais.
Conforme informação do presidente, o critério é distribuir para todos os proprietários do município interessados. A pessoa faz a inscrição na Secretaria Municipal de Agricultura “faz o pedido das mudas” com esse documento a Arapama entrega as mudas, mediante a pessoa assinar uma nota promissória  no valor correspondente a 15 reais por muda, com dois anos de prazo. As mudas estando plantada na propriedade (haverá equipe de fiscalização), a pessoa não precisa pagar a nota promissória. Caso contrário, paga-se as mudas.

Esclarecimentos importantes (Osmar respondendo ao repórter do Jornal O Porto):

– O presidente Osmar esclarece que este trabalho está sendo possível, graças a uma parceria com uma Fazenda Rural do Estado do Amazonas, aonde as sementes já vem germinadas( via avião). Trata-se de uma fazenda especializada na atividade, onde a qualidade das mudas é considerada expressiva (nº 1). Esse projeto veio para perdurar no município.
– O espaçamento mínimo entre as mudas são de 13×13 metros. Com 8 anos já tem produção;
– Produção por (árvore), Ele orienta os proprietários que em média  “2 latas de castanha”, que já iguala a produção do boi(renda). A castanha nativa nas matas(na Floresta) tem produção diferenciada. Tem pé que não produz nada e outros que produzem de 5 a 15 latas.
– Preço da Lata de Castanha que Arapama está pagando: R$65,00;
– 6 mil mudas estão sendo entregues (em função das inscrições feitas). Tem mais15 mil mudas disponíveis;
– Proteção às mudas: Se forem plantadas na invernada (pasto) precisa proteção para evitar o pisoteio das criações. Pegar refugos nas serrarias, ou outro material (4 ou 5 taliscas para cada muda). Há informações que o gado, às vezes, pode pastar a muda. Não deve ser plantada em lugares encharcados de água. Em volta das APPs(área de proteção Permanente) pode ser plantadas;
– O Secretário Municipal de Agricultura João Bosco da Costa, que é vice-prefeito de Apiacás, afirma que este plantio de castanha agrega valor à propriedade.
Apoio: Jornal O Porto
Comentários

Deixe uma resposta